domingo, 27 de julho de 2014

Saudades...

Só se tem saudade do que é bom,
Se chorei de saudade não foi por fraqueza Foi porque amei.
E se eu amei, quem vai me condenar?
Se eu chorei, quem vai me criticar?
Só quem não amou, quem não chorou,
Quem se esqueceu que é um ser humano,
Quem não viveu, quem não sofreu,
Só quem já morreu... e se esqueceu de deitar

sábado, 26 de julho de 2014

Letícia você não podia ter vovó melhor!!!!

Hoje é dia dos avós e eu não poderia deixar de vir aqui para parabenizar tua vovó Letícia; Vovó Zita! Que foi uma Super.  Vovó! Sempre preocupada com você, desde o dia que você nasceu tão pequena e esteve conosco TODOS os dias em que você estava aqui na nossa casa! Sempre trazendo um bom alimento para mamãe poder te amamentar, esteve conosco também na tua última viagem e te visitou na UTI... E está sempre com a mamãe respeitando minhas dores, meus lamentos, meus dias ruins, meus dias de lembranças apenas com seu silêncio sábio... 
Letícia você não podia ter vovó melhor!!!!

Mãe você merece ser vovó de uma anjinha!

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Papai e mamãe comemoram 11 anos de namoro!



Antes de a Letícia nascer eu já pensava em, ensinar a ela que príncipes encantados existem sim, mas não como nos livros e contos de fadas.
O verdadeiro príncipe encantado, na maioria das vezes, não tem um cavalo ou até mesmo um carro, mas isso não importa, ele vai até a sua casa a pé (ou de carreta), só pra ver você. O príncipe encantado não precisa ter as melhores roupas ou roupas de gala pra ser um príncipe. Ele tem que tratar uma garota bem, com respeito, sem magoá-la. Ensinaria a minha filha, que o príncipe deve ser gentil e tratá-la com carinho. Que o verdadeiro príncipe é fiel, não trai, não machuca o coração da princesa. Diria a ela, porém, que encontrar um príncipe é muito difícil, mas não é IMPOSSÍVEL! E se ela me perguntasse se já conheci um príncipe, teria a felicidade de dizer que sim, e que ela pode ter orgulho em chamar o meu príncipe de PAPAI!
Luiz 11 anos de namoro, apesar de tudo nunca deixamos de ser namorados! Nossa anjinha, só nos aproximou ainda mais!
Nós te amamos!

Um grande beijo Liliane e Letícia 

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Ah, se eu pudesse desfazer o dia em que você partiu

Hoje dia 24/07 seria o dia que nasceria desde o dia que descobri grávida procurei na internet que dia você nasceria dia 24/07, depois fui ao médico e ele afirmou dia 24/07, durante todo o tempo que você esteve dentro de mim, eu pensava bem que ela podia esperar um dia, apenas um dia e nascer no dia do aniversário de namoro do papai e da mamãe!Bordei o enfeite da porta da maternidade com teu nome e a data 24/07/2011,não nasceu dia 24,não nasceu no mês 7, por isso, pedi para o papai trazer de casa para o hospital além do enfeite de porta uma agulha e no mesmo dia em que você nasceu a mamãe desfez o dia e o mês e deixou apenas o ano 2011,dias depois, em casa a mamãe bordou dia 17/06.  É você se antecipou e há 3 anos você estava com 37 dias penso que nunca vou saber se você quis nascer antes porque sabia que teria pouco tempo...Sim, se você tivesse nascido neste dia eu teria você por apenas 17 dias e não 54 dias... Ah Letícia porque você não pede aí pro papai do Céu o porquê de tudo isso e vem me contar!
Ah, se eu pudesse desfazer o dia em que você partiu, como desfaço no bordado...Se fosse tão simples assim...

Te amo hoje e sempre!

quarta-feira, 23 de julho de 2014

A dor é a mesma, a saudade só aumenta

Como o tempo passa rápido, dia 10 de agosto irá completar três anos que minha anjinha se foi, passou tão rápido e mesmo assim parece que foi ontem, a dor é a mesma, a saudade só aumenta, a vontade de estar perto continua a mesma, talvez até mais forte.

terça-feira, 22 de julho de 2014

Como eu queria estar contigo agora

Letícia queria tanto saber como você está, se você está feliz, se você está triste, mas não acredito que no céu a gente tenha tristeza. Queria que você soubesse que falta você me faz, como eu queria estar contigo agora. Já havia dias que eu não chorava, tentando aceitar o destino que Deus quis, mas neste momento não consigo, meu coração dói tanto, vai lá saber o que passa na cabeça de Deus. Pergunta aí pra ele e me diga em sonho. Como queria te ver em sonho! Aparece para mim minha linda, peça permissão a ele! Te amo demais minha anjinha

segunda-feira, 21 de julho de 2014

O tempo passa mas a dor fica

A dor que sinto é eterna... O tempo não é o suficiente para amenizar...
Passam-se meses; anos... Mas a dor não vai embora.
Hoje só restam saudades e lembranças...
A saudade anda sempre ao meu lado; às vezes chego a ouvir seu choro dentro de casa... Dói demais
Foram poucos dias ao teu lado, mas a amei demais e continuo a amando. 
Vou carregar as lembranças para sempre no meu coração

Te amo minha anjinha