quarta-feira, 29 de março de 2017

Ah dor infinita!

Não me consola saber que a vida é infinita
que nada morre, que tudo é eterno.
Na partida definitiva, não há como fugir
da maior dor pelo ser humano sentida.
Separam-se os corpos, ah saudade doída!
Saudade que ofusca a vida
e que só o tempo ameniza a dor.
Laços que se desfazem
numa partida sempre inesperada
que bom seria se esta despedida
pudesse ser eternamente adiada
As lembranças que ficam, de imediato, atormentam
Onde buscar as cores, gestos e olhares,
Como dialogar com o silêncio?
Como tocar o nada? Como trazer tudo de volta?
Impossível! Ah dor infinita!
Resta apenas esperar e pedir para o tempo voar,
para a dor amenizar e ficar com a esperança
de que um dia, em algum lugar, com outros rostos,
possamos a história das nossas almas continuar.
É só o que resta para consolar!
(autor: Tahyane Rangel)

terça-feira, 28 de março de 2017

TRÊS COISAS QUE APRENDI COM A PERDA:


1. Nunca vá embora sem se despedir das pessoas que ama com um abraço. Pode ser o último encontro de vocês. A vida não faz promessas, não dá uma segunda chance.
2. Compreendi que o mundo não para por causa da minha dor. A vida não passa a mão na minha cabeça. Coisas ruins acontecem na vida de qualquer um e precisamos aprender a lidar com elas.
3. Minha filha não era imortal, como imaginei ser. E ninguém mais é. A vida é frágil demais e quando menos se espera partimos.

segunda-feira, 27 de março de 2017

Triste

E num desses aniversários da sua ausência,
descobri que a minha dor tinha RG,
única, indivisível, minha...
me despedi de você pela centésima vez,
passeei pelas gavetas vazias,
talheres repousados, chaves aquietadas,
descobri silêncios mais silenciosos,
não tive coragem para as fotografias,
No cansaço do choro fiz brigadeiro,
procurando na alma lugares para “nós”
coloquei um daqueles filmes sobre recomeços,
e, com as luzes acesas, adormeci...
Fátima Flores

domingo, 26 de março de 2017

O dia a dia..

Os dias vão passando ... a vida vai seguindo,
Tem dias que bem... família juntinha, sai até sorrisos...
Mas na verdade,estamos ali pela metade...
Sorrindo por fora mas sagrando por dentro,

A vida vai seguindo mas faltando uma linda parte da gente,
Vamos sobrevivendo um dia de cada vez,
Tentando sorrir ,tentando andar.
Você faz muita falta Letícia,
Saudades...muita saudades.
Mamãe Te Ama

sábado, 25 de março de 2017

Consolação...


" Não existe sofrimento maior do que a dor de perder um filho… Não entendo os nossos irmãos que combatem esse tipo de intercâmbio com o Mundo Espiritual, eles se esquecem de que os que partiram também desejam o contato…
O médium, sem dúvida, pode, em certas circunstâncias, rastrear o espírito, mas na maioria das vezes, é o espírito que vem ao médium …O trabalho da espiritualidade é intenso. Para que um filho desencarnado envie algumas palavras de conforto aos seus pais na terra, muitos espíritos se mobilizam … Isto não é uma evocação. Não raro, são os próprios filhos desencarnados que atraem seus pais aos centros espíritas, desejam dizer que não morreram, que continuam vivos em Outra dimensão, que os amam e que haverão de amá-los sempre …
Digo-lhes que, como médium, essa tarefa das cartas de consolação aos familiares em desespero na terra, foi o que sempre mais me gratificou…"

De Chico Xavier da

Obra: O Evangelho de Chico Xavier.

sexta-feira, 24 de março de 2017

superar? jamais!

Vínculos de amor,
Nossas mãos se estendendo sem contato físico,
Nossos olhos procurando uma imagem ausente,
Nossos ouvidos sem a voz tão familiar...
Um amor deixa de estar em nossa vida e nos
dizem que deve ser tratado como algo a superar,
como se fosse um obstáculo a ser transposto...
Amor pede ressignificação,um outro jeito de amar,
Amor pede memória...amor não deve ser “superado”...
(Teresa Gouvea)

quinta-feira, 23 de março de 2017

sempre penso...

Ontem a mamãe levou na vovó na UPA... Vi crianças lá, vi uma moça D.M, lembrei de você, queria você aqui, mas sem sofrimento... Te amo!