quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Espere-me minha anjinha...



Quando quero estar com você me refugio em meus pensamentos e lá te encontro em meus braços!!!
Quando quero escutar teu choro, silencio e te escuto!!
Quando quero sentir teu cheiro, aquieto minha mente....e te sinto...teu perfume suave me envolve !!!
Quando quero te ver... Procuro nas minhas lembranças e te acho... Cheia de vida!!!
Mas assim mesmo Letícia... Minha saudade é grande demais...
E muitas vezes não cabe em mim então ela transborda em lágrimas pelos meus olhos...
A falta que você faz, é sentida em todos os instantes em todos os momentos, em todas as horas... Então faço de tudo para continuar a viver... Aqui, sem você...
Estou caminhando minha anjinha... Passo a passo, dia a dia... Sempre tentando ser digna de poder te reencontrar!!!Espere-me minha anjinha... Espere por meus beijos e meus abraços cheios de saudades... Enquanto estou aqui... Você os receberá em teus pensamentos... E no teu coraçãozinho...

Te amo...
te amo anjo de minha vida...
Te amo minha bebezinha....
Te amo.....
Amo....
Amo !!!!

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Voltou para o céu cedo demais

Letícia uma anjinha que veio trouxe muito amor e voltou para o céu cedo demais, deixando uma saudade imensa no coração do Papai, da Mamãe e em todos que a esperava ansiosamente.

Te amo minha anjinha!

terça-feira, 29 de outubro de 2013

Hoje eu acordei, me veio a falta de você

Letícia escutei essa música no rádio semana passada e achei que tem tudo a ver conosco...


Foi bonito, foi
Foi intenso, foi verdadeiro
Mas sincero
Sei que fui capaz
Fiz até demais
Te quis do teu jeito

Te amei e mostrei
Que o meu amor foi o mais profundo
Me doei, me entreguei
Fui fiel
Chorei, chorei

Hoje eu acordei, me veio a falta de você
Saudade de você, saudade de você
Lembrei que me acordava de manhã só pra dizer
"Bom dia, meu bebê!
Te amo, meu bebê! "

Hoje eu acordei, me veio a falta de você
Saudade de você, saudade de você
Lembrei que me acordava de manhã só pra dizer
"Bom dia, meu bebê!
Te amo, meu bebê! "

Foi bonito, foi
Foi intenso, foi verdadeiro
Mas sincero
Sei que fui capaz
Fiz até demais
Te quis do teu jeito

Te amei e mostrei
Que o meu amor foi o mais profundo
Me doei, me entreguei
...Chorei, chorei

Hoje eu acordei, me veio a falta de você
Saudade de você, saudade de você
Lembrei que me acordava de manhã só pra dizer
"Bom dia, meu bebê!
Te amo, meu bebê! "

Hoje eu acordei, me veio a falta de você
Saudade de você, saudade de você
Lembrei que me acordava de manhã só pra dizer
"Bom dia, meu bebê!
Te amo, meu bebê! "

Hoje eu acordei, me veio a falta de você
Saudade de você, saudade de você
Lembrei que me acordava de manhã só pra dizer
"Bom dia, meu bebê!
Te amo, meu bebê! " (Fui Fiel Gusttavo Lima)

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Sonho com o dia de te ter nos braços...

Amada Letícia, minha vida!
Recebe todo o meu amor, minha saudade... Hoje vivo, pois tenho a plena certeza do nosso reencontro. Sonho com o dia de te ter nos braços... O dia que finalmente estaremos juntas para sempre...
Te amo Letícia... Um exemplo de luta e dignidade, a mais perfeita, um anjo que não era meu... Que voltou ao Papai do Céu! Vejo-te nos braços de Jesus! Obrigado por ter tido a oportunidade de conhecer-te e de ser sua mamãe! 

domingo, 27 de outubro de 2013

Não acredito nos meses todos que já se foram sem você aqui

A vida continua e em alguns momentos me sinto sobre um barco no meio de um temporal enorme, sendo jogada de um lado para outro... Tentando me equilibrar... Manter-me firme...
Letícia tuas lembranças estão presentes nos meus pensamentos... Em todos os instantes... Então sei que preciso mesmo que seja muito, muito difícil... Agarro-me em tudo que possa me ajudar... E prossigo... Assim minha anjinha são meus dias e noites..Minha vida...
O som do teu chorinho... Teu cheirinho... O brilho dos teus olhos... Estão presentes na lembrança... E me dão a força que preciso... Para continuar...
Então minha anjinha...só tenho a te agradecer...Por ter me permitido ter você aqui..junto de mim..Mesmo que por tão pouco tempo...
E o tempo passa tão rápido e tão lento...Não acredito nos meses todos que já se foram sem você aqui...26...A saudade é a prova que existiu amor...Então nosso amor é eterno e infinito...Assim como as saudades que sentimos....
Beijos minha bebezinha...bem grandes em seu coraçãozinho.....

sábado, 26 de outubro de 2013

As saudades me alucinam.

5 meses
Letícia eu a quis... Desde o primeiro instante... Filha amada, esperada e desejada... Trouxe-nos a alegria. Imaginei um futuro com você... E agora que não posso mais ter você comigo?Como será meu futuro minha anjinha?
Feliz, eu sei, nunca mais serei. Que futuro triste esse sem você...
É ter a dor como parceira e a loucura como companheira.As saudades me alucinam. Até imagino você brincando no chão, correndo pela casa...Me pedindo colo... Apenas vontade de te ver... Não mais consigo cantar. Emudeci. Falo tanto e não digo nada... Às vezes dá aquela preguiça de viver, de não querer mais nada... Nada.
Não procuro, te acho. O olhar não brilha, a voz fica triste
Não sei  como fazer... Mas sei  que tenho que continuar.
Desesperada pela saudade... Eu choro e me pego a pensar em você comigo... Com a gente...,
Levaram para bem longe os meus sonhos. Não quero mais nada. Eu me sinto frágil sem você... A morte é cega e cruel. E eu não sei como, ainda vivo...
Minha vida não tem mais conserto... Nunca terá.E ainda assim cabe a eu suportá-la com você ausente, sem você presente.
Com você para sempre. Sempre Viva! Ao menos nos meus pensamentos!
Te amo!

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Letícia Karina



Letícia,
E s a estrela que mais brilha no Céu
Tão pequena e tão amada
Inesquecível amor sobrevive além da vida
Certamente um dia te encontraremos no céu
 Imenso amor que marcou nossas vidas
A anjinha mais bela

Karina, da Madrinha Kátia
A guerreira... Que falta faz,
Realidade dura e triste sem você
Insubstituível...
Nossa anjinha salgadinha
                                           Amamos você! Muita saudade...



Mamãe bordou com tanto AMOR!

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Daria tudo pra poder ter mais uma vez você em meus braços...

Sei que já faz tempo, que já deveria ter me acostumado, mas sabe… não é bem isso o que aconteceu. Sinto falta das manhãs e das tardes juntas apenas, nós, eu sinto falta das noites em que dormíamos agarradinhas do seu chorinho. Sinto falta de te ver todos os dias, de sentir que não estou sozinha.
Você tão pequena me ensinou tanto sobre a vida, a não desistir fácil, porque você lutou até o final.
Ás vezes paro pra pensar, olho para o sol, para a lua, sinto o vento em meu rosto e lembro dos momentos que passamos lágrimas escorrem e ao mesmo tempo, sorrio, pois tive a oportunidade de ter você em meus braços.

Não sou a única que não teve essa ferida cicatrizada, mas daria tudo pra poder ter mais uma vez você em meus braços...Te amo!

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Porque você não vem prá mim?


Letícia!
“Às vezes fico assim pensando
Essa distância é tão ruim
Porque você não vem prá mim?
Eu já fiquei tão mal sozinho
Eu já tentei, eu quis chamar
Não dá prá imaginar quando
É cedo ou tarde demais
Prá dizer adeus
Prá dizer jamais

É cedo ou tarde demais... ”(titãs)

terça-feira, 22 de outubro de 2013

Parece que a vida parou...

Letícia hoje a mamãe está se sentindo triste, sem forças e vontade para nada!
Parece que a vida parou... Estou aqui simplesmente à espera que o tempo passe!
Não gosto de estar assim, fico aborrecida, implico com tudo, não tenho vontade para nada!

Só sei uma coisa: Te amo minha anjinha!

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Feliz aniversário Lilika!

  Este post de hoje é dedicado especialmente para a ”Lilika” por ser uma cadelinha adorável, linda e por nos amar incondicionalmente e é claro todos os dias quando eu chego em casa ela faz uma festa com muito amor e carinho. Hoje é o aniversário da nossa princesa Lilika, ela está fazendo 4 aninhos de idade.
Quando ganhei a Lilika no natal de 2009 fiquei muito feliz,sempre quis uma cachorrinha e ela era linda!Depois de quatro dias, ela ficou doente, até a veterinária disse-me que como ela era muito pequena ainda não tinha tomado todas as vacinas, seria difícil sobreviver... Mas, ela ficou bem... Quando tive a Letícia, não queria me desfazer dela, mas, sabia que a Letícia não poderia ter muito contato com ela, já que era prematura e tinha aquela maldita doença que poderia pegar muitas bactérias... Ela passou muitos dias na casa da madrinha da Letícia, não me desfiz dela...
 Porque a missão dela iria começar com a perda da Letícia... Não quero dizer que ela substitui a Letícia, de forma alguma, mas, ela tem sido o motivo de alguns sorrisos... E uma verdadeira companheira na tristeza, é aquela amiga que se eu estou deitada ela vem e deita ao lado sem dizer nada, apenas fica do meu lado... Quantas vezes... O dia que voltei do hospital dois dias depois da Letícia nascer, deitei na cama para chorar, ela veio e deitou-se... Depois do enterro da Letícia... E quantas e quantas vezes...
Quando não estou em casa fica emburrada... Não é ela que precisa de mim, sou eu quem precisa dela... O que seria de mim sem essa pequena!Dizem que ela é muito parecida comigo: Anti-social, ciumenta, e apelidada pelo seu primeiro veterinário poodlezinho braba, será que sou tudo isso?Não importa gosto de ser parecida com ela!

Bob e Lilika
Estou feliz porque hoje ela faz quatro anos, mas, ao mesmo tempo estou triste porque não tem mais o BOB... Em lembrar que em menos de 15 dias atrás a Kátia, me mandou pelo face book uma imagem de aniversário de cachorro e me escreveu: convidados da Lilika e eu respondi faltou o Bob... 
Meus bebês Bob e Lilika

Está faltando o Bob... Cheguei a brigar com a Lilika quando o BOB partiu, ela nunca gostou dele!Morria de ciúmes dele!Mas, logo, pensei e ela até quando terei?Hoje não tem clima para comemorações,ainda choro pela perda do meu querido Bob...Tenho tanto medo de perder a Lilika... Normal...Para quem já perdeu a pessoa mais importante da vida...De tempos em tempos me jogo na internet para ler artigos sobre cães e perspectivas. Já li sobre poodle pequeno que viveu 21 anos com muita qualidade de vida. É nessas coisas que metade de mim se apega. A outra metade vai tentando se convencer que esse é um caso em mil.


Feliz Aniversário Lilika! Nós te Amamos Muito.

domingo, 20 de outubro de 2013

Novamente o desânimo tomou conta de mim...

Nem sei por onde começar... Tenho uma tristeza muito grande no coração. Não consigo me libertar. Sinto um desânimo terrível. Tenho muitas perguntas sem resposta. Eu era uma pessoa de muita oração e fé, mas depois que perdi a Letícia as coisas esfriaram muito. Não consigo mais rezar, perdi minhas forças e ando tão triste que nem sei o que fazer. Novamente o desânimo tomou conta de mim... Porque meu Deus? É tanta coisa ruim acontecendo... Quando tudo isso vai parar?Passei uma semana difícil,além de toda angustia que carrego pela perda da minha Letícia há mais de dois anos,roubaram os anjinhos da minha anjinha e a Morte do meu querido Bob, não sei o porquê, mas, senti tanto esta morte, estou até agora pensando e ao pensar as lágrimas correm:Cadê meu piazinho que entrou na minha vida como uma lição, um ensinamento e uma esperança de futuro?Posso dizer que fui sua quinta dona,minha irmã foi a quarta,eu me sentia dona também. Nasceu em uma casa sem conforto. Foi posto para viver na rua. E sobreviveu, ao desafio de ser um cão de rua, apesar de ser um poodle. Lembro que há mais ou menos um ano o Luiz disse-me que a mulher do seu amigo iria se submeter a uma cirurgia logo eu disse pede para ele deixar o cachorrinho(Bob) dele aqui para nós cuidarmos, o Luiz disse-me não, depois a gente se apega e tem que devolver... Mas ele era meu. Ou melhor, eu era dele. Então minha irmã adotou o Bob.
Foram quatro meses maravilhosos!Só quatro meses?Sim foram apenas quatro meses que pareceram quatro anos... O Bob, me ensinando que a vida recomeça. Que a alegria vence o desânimo. Ele me ouvia, entendia (mesmo em silêncio, mas observando cada palavra como se entendesse!) e me acarinhando!Cãozinho tão simples e gentil NUNCA se importou em dividir o espaço e carinho com a Lilika. Era especial!Amado por todos! Pulava e pedia carinho a qualquer um. Recebia visitas com a cara mais alegre e os carinhos mais explícitos possíveis. Adorava crianças. Fazia qualquer coisa em troca de um afago na cabeça. Era especial!Cadê o falso vigia que ficava em frente a minha casa e da casa da Tia Kátia, latindo para quem passava e indo correndo, abanando o rabo, se estes passantes dessem a menor chance de contato? E passavam a ser os amigos (mais uns) do vigia que não vigiava: tentava ser amigo!Assim, aqui na rua, são muitos os que passavam e sabiam que o Bob só queria fazer “gracinhas” e JAMAIS ser agressivo. Aceitava a Lilika sem sentir ciúmes ou disputar espaços. Parecia que sabia que era o preferido e não a rejeitava. Quando eu estava mais triste, ficava com a cabeça no meu colo. Cadê Bob? Cadê seu latido?Ontem era sábado Bob, como doeu não ir até a casa da Tia Kátia apertar o interfone e dizer: ”Serviço de Pet shop”, como eu dizia brincando, e tentar te pegar, sim tentar te pegar porque você sabia que era hora do banho e queria se esconder... Que falta do teu olhar triste da tua cabeça no meu colo para receber o afago. Não irá mais pedir a carne do churrasco, não na realidade você não pedia apenas ficava ao lado olhando, com se pedisse, mas, eu te entendia... Não irá mais latir para a rua, como se fosse o guardião que nunca quis guardar nada: só alegrar quem passava pela rua. Tudo para mim está mais triste. E eu estou sem chão, como se fosse uma criança, idiota para quem não sabe o que é amar estes peludos e com uma saudade que é maior – que Deus, que me desculpe! – do que senti de alguns humanos. 
Que perda!Porque dói tanto assim?Acho que dói tanto porque,fiquei tão carente com a perda da Letícia, que com o Bob eu tinha mais um para dar carinho,para mim cuidar e amar e foi bruscamente retirado como a minha anjinha...Ah Letícia porque você não fez o que eu te pedi eu pedi para você pedir para o papai do Céu não levá-lo...Me perdoe o desabafo Letícia.
Te amo minha anjinha!


sábado, 19 de outubro de 2013

Mais uma vez... Mexeram com os pertences da minha anjinha...


Hoje minha postagem é uma seção policial. Mais uma vez... Mexeram com os pertences da minha anjinha...Minha irmã Kátia, madrinha da Letícia, foi levar um presente pelo seu dia e quando voltou me contou que os anjinhos da Letícia haviam sumido... Não acreditei... disse para ela que ela não devia ter visto bem...Antes de ir trabalhar fui ao cemitério ver se era verdade e infelizmente era a estante lilás estava vazia... Os larápios colocaram o braço para dentro da janela e roubaram os anjinhos que estavam na estante lilás. Fiquei muito triste, logo me preocupei com a chupeta da Minnie que a Letícia usava, mas, para minha alegria os ladrões não se interessaram pela chupetinha e a deixaram em cima da janela... É uma tristeza que senti por terem mexido com a minha Letícia, se tivesse me roubado o celular, minha carteira, meu carro não teria ficado tão triste, desde que a Letícia se foi não me importo com nada material... Apenas com ela, Por que mexer nas coisinhas dela?Por quê?
Sei que ela não está lá, mas agora é o cantinho dela e faço o possível para se tornar um lugar agradável, mesmo num local tão frio... Todas as vezes que vou cuidar do seu cantinho eu deixo muitas lágrimas, mas ao mesmo tempo, deixo amor, saudade, esperança, sim, esperança de um dia encontrá-la, cada vez me convenço mais de que Deus fez o melhor para ela, sinto demais sua falta, mas minha fé de que vou encontrá-la é muito maior, minha fé de que Deus teve um motivo para levá-la é maior a cada dia. Lá converso com ela, choro, arrumo as flores e os presentes que ela ganhou.

Que bom que tua chupeta ficou!
Letícia me desculpe por ter deixado levar teus anjinhos que você ganhou de presente das titias, eu devia ter cuidado das tuas coisinhas, pois sou tua mãe, mas, não tenho competência nem para isso... Mas, o papai já está providenciando uma grade para a janela e a mamãe vai repor teus anjinhos, comprarei outros, não fique triste. TE AMO E ME PERDOE

sexta-feira, 18 de outubro de 2013

BOB foi para o céu, e virou uma estrelinha como você!

"Quando os cães vão para o Céu, não necessitam asas porque Deus sabe que eles preferem correr.
Ele lhes dá campos. Campos, campos e campos. Assim que um cão chega ao Céu ele só corre. O paraíso dos cães tem grandes lagos de águas claras cheios de gansos que cantam, que batem suas asas e que brincam. Os cães se encantam...correm ao lado da água e latem, latem e Deus os vê por detrás de uma árvore e sorri.
Ali há crianças, por certo, meninos anjos. Deus sabe que os cães amam muito as crianças mais que tudo no mundo, portanto, Ele enche o Paraíso dos Cães com muitas crianças. Há crianças de bicicleta e empinando pipas através das nuvens, outras brincando com bonecas e casinha.... "

"Quando convidaram-me para

realizar uma missa em homenagem
a um cãozinho que havia falecido, 

eu disse que não poderia celebrá-la, pois
os animaizinhos possuem

alma, mas são desprovidos
de pecado... São como anjos!"
(Padre Ilson Frossard)


Letícia minha anjinha o pior aconteceu, depois de ter te perdido, achava que não choraria por perder um animal, mas, chorei... Ainda estou procurando respostas para a partida do BOB, e não encontro!Sexta-feira eu dei banho para ele, coloquei sua gravata para o aniversário do Thi, Sábado ele esteve comemorando comigo meu aniversário, ficou aqui o dia todo, não queria ir para sua casa... Domingo ele foi com a tua madrinha até o cemitério para levar teu presente e hoje não está mais conosco, é com uma tristeza profunda, que estou aqui para dizer que meu querido piazinho BOB foi para o céu, e virou uma estrelinha como você!Tenho certeza de que São Francisco de Assis o quis perto dele, pois depois de tantas lutas, tantos sofrimentos, ele decidiu que seria à hora de ele partir e ter a PAZ que precisava. BOB não era meu, era da minha irmã, mas, eu o considerava meu também, eu dizia que tinha uma menininha, a Lilika e um piazinho,o BOB,foi o Luiz,quem ofereceu o BOB para minha irmã,eu cheguei a brigar com ele: “porque não deixou para nós?”Mas,o Luiz disse que nós já tínhamos a Lilika.No primeiro dia já fui conhecê-lo foi quando eu vi aqueles olhos tão lindos e tristes e soube o quanto ele estava precisando de ajuda e carinho!Quando ele chegou, era tão tímido... Penso que era tratado aos chutes, aos pouquinhos foi se soltando e começou a pedir carinho... Quero agradecer a Kátia, por tudo o que fez por ele. BOB foi muito amado por ela que foi um anjo que o recebeu de braços abertos. Que mudou toda a rotina da vida dela por ele, e fez com muito amor. Com muitas lágrimas, ela não desistiu e lutou até o final, mesmo que a batalha não tenha sido ganha!

BOB mesmo tendo vivido pouco tempo conosco você nos ensinou e nos mostrou o verdadeiro amor!  Existe neste mundo tanta gente ruim e você infelizmente 
conviveu com estes tipos de pessoas até nos encontrar! "Foi tão lindo trilhar uma parte de nossas vidas ao seu lado, você estava tão feliz, não era mais aquele cãozinho triste que chegou... então o que jamais pensávamos que aconteceria aconteceu. Deus te levou nos deixando um enorme vazio. Sentimos lágrimas escorrerem, e neste instante como que num piscar de olhos, lembramos de cada latido, das brincadeiras com nossos pés, do olhar triste, cada momento que passamos juntos, tudo com muito amor. Agora só nos restam lembranças. foi bom ter você “BOB”, mas o que nos não queríamos mesmo, na verdade é que você nunca “partisse"..Você estará sempre em nossos corações como um cãozinho que lutou, sofreu, e foi sim muito amado!!!!

Te auaudoro!!" Eterno e auaumado para sempre...Descanse em Paz, linda Estrela! Te amo muito Bob, você é nosso anjo de quatro patas! 


MENSAGEM VINDA DO CÉU

 “Quando um dia eu cheguei para em seus braços ficar uma missão eu tinha a cumprir.
Pois também, como os humanos, só certo tempo eu tinha para cumprir aqui, com você, ao seu lado, antes de para sempre partir.
Tudo que eu precisava você me deu um lar, um aconchego gostoso, comida saborosa, cama macia seus carinhos, sua atenção, seu amor. eu só te via o tempo todo sorrindo, sempre presente, ao meu lado.
Quando me via saracoteando fazendo arte, brincando, fazendo pipi fora do lugar você ralhava, brigando sem raiva tentando esconder um sorriso, das minhas atrapalhadas. e eu com o meu rabinho abanando só tentava a todo custo mostrar toda a minha felicidade.
Sabe, eu nasci com esta missão junto de você eu tinha que ficar:nasci para te alegrar, te fazer feliz, nasci para mostrar que eu era diferente de todos,entendia o que se passava, entendia o seu recado,eu também sabia amar.
E te amei muito como ninguém em todos os momentos que juntos ficamos nas brincadeiras com teus pés,quando em seu colo eu ficava cúmplice, sem latir, bem quietinho só te olhando de mansinho esperando o tempo passar.
Lembra quando latia bem fino só pra chamar sua atenção?quando brincava, me escondendo e você me chamava e procurava.até me encontrar onde estava?eram maneiras que eu tinha
de te mostrar meu amor.
Não chore por minha partida hoje também sou um anjo que cumpriu sua missão.você, minha dona querida me deu todo o seu calor humano muito amor e compreensão e eu só posso te agradecer por isso por ter-me feito imensamente feliz durante o pouco tempo de vida que ao seu lado eu fiquei
Como um cãozinho especial eu nasci, como um cãozinho especial eu vivi, como um cãozinho especial eu parti e como um cãozinho muito especial permanecerei em sua memória mesmo que outros cãezinhos possam ainda em sua vida surgir.
Entenda que parto feliz, pois foi o tempo certo,de que eu tanto precisava e pelo amor que você me deu,hoje, pude o meu céu encontrar.quero que se lembre, que mesmo anjo não estarei muito distante, tão longe, ainda estou aqui,
bem mais pertinho de ti."
Eternamente Bob
BOB
Um dia vamos ficar juntinhos de novo. 
Fique no colinho de Jesus e de São Francisco meu piazinho amado. 
Me espere, enquanto isso brinque com minha anjinha, você vai adorar conhecê-la e brincar com os pésinhos dela. TE AMO! 


Ah,Letícia,a madrinha Kátia disse que o levou domingo até o cemitério e você gostou dele e quis para você,se for isso,minha anjinha,pode ficar com ele,sabe que vocês são muito parecidos e ficaram tão pouco tempo,mas ficaram nos nossos corações,eu até não entendia porque eu gostava tanto dele,deixava a Lilika de lado por ele,acho que eu também era parecida com ele,aquele olhar triste,sofrido,me identificava com ele,fiquem bem,cuide bem dele,agora você também tem um companheirinho!Te amo!

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Parabéns pelo teu dia!

Letícia hoje estaria completando mais um mês de vida!Já estaria com Dois anos e quatro meses!Quanta bagunça estaria fazendo!
Parabéns pelo teu dia!
Sinto tua falta, amo tanto você!
Um dia Letícia, pode demorar, mas eu espero vou ter-te nos braços novamente!Enquanto isso brinque bastante aí com os outros anjinhos!
Te amo muitooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo
Continue sendo essa menina que agora é uma anjinha linda e ajude todos que mais precisam com seu coraçãozinho
puro lembre-se sempre que a mamãe e o papai te amam muito e sofrem bastante com tua ausência.
Sinto que você esta comigo e sei que sabe o amor eterno que tenho por você

ETERNAMENTE

Te amo pra sempre
Minha anjinha,você que está aí perto do papai do Céu queria te pedir,como te pedi aquela vez em que a Lilika fugiu e você e me ajudou a reencontrá-la sã e salva,para ajudar o Bob a melhorar,o Bob você não o conheceu mas ele é um cãozinho tão querido e dócil,eu adoro ele!Me ajuda?

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

A anjinha mais bela

Letícia a anjinha mais bela, uma anjinha pura e que Deus achou tão perfeita que resolveu levá-la com Ele para alegrar seu jardim, para dar brilho nas noites escuras, e fazer parte do seu reino cheio de anjinhos, assim como ela.Te amo!

terça-feira, 15 de outubro de 2013

O aniversário do casamento do papai e da mamãe!

É Letícia hoje papai e mamãe estão comemorando um dia muito especial, daqueles que nunca se esquece… Nunca se apaga da memória… O aniversário do nosso casamento… Em 15 de outubro de 2005, o Papai me fez a mulher mais feliz do mundo ao afirmar, perante Deus e pessoas amigas, que queria passar o resto de seus dias ao meu lado!

Dia inesquecível emoção única, felicidade eterna. Eterna sim, pois apesar das dificuldades, apesar dos dias ruins e das tristezas que a vida nos apresenta, somos felizes! Somos uma só alma sem perder nossa individualidade, somos um só e nos complementamos.

E apesar de tanta tristeza hoje comemoramos bodas de barro ou papoula. Procurei na Net o significado e encontrei:
Os 8 anos são marcados pela papoula, associada ao rejuvenescimento e à fertilidade, e o barro,cuja principal característica é ser maleável,moldável e pode ser transformado em esculturas lindíssimas, bem como para o feitio de recipientes para conservar água gelada, óleo. Simboliza a adaptação, maleabilidade e a conservação das coisas que valem a pena no casamento.


Completar oito anos de casamento é fácil para qualquer casal. O difícil é completar oito anos de união repleta de amor, cumplicidade, dedicação, paixão e romantismo. Difícil é completar oito anos em meio há tantas provações... E foram nessas provações, na perda da nossa anjinha, que fortalecemos nosso amor, que choramos juntos e consolamos um ao outro, quantas vezes...


Letícia saindo da incubadora para casa,que felicidade!Mas durou pouco tempo!
Fui abençoada com um homem maravilhoso que só faz cuidar de mim todos os dias da vida dele, seu jeito cuidadoso de me dar conselhos, sua preocupação desesperadora quando não me sinto bem, enfim, amo tudo neste homem apaixonante.
Nossa felicidade estaria completa se tivéssemos nossa pequena conosco... Foi preciso ter muita coragem para vencer tudo que nós vencemos tudo que passamos… E juntos...Isso tudo é um grande exemplo de vida, de verdadeiro sentimento que nós temos, um pelo outro…
E neste dia bonito e alegre, que estamos comemorando nosso aniversário de casamento, quero desejar tudo de mais excelente em nossas vidas, muito sucesso, que nada mais venha abalar o nosso casamento e que nosso casamento dure por muitas eternidades…


Posso dizer hoje com total confiança, que não consigo ver minha vida sem
esse homem! Ele é meu amigo, meu companheiro, meu amor, meu chão, meu refugio... É nele que encontro segurança, equilíbrio! Ele é o meu amor!E que confirmei isso na maior Dor!
Obrigada Luiz, por tudo! Por nossa anjinha, nosso lar! Obrigada por aguentar meus chiliques, minhas angústias, lamúrias e lágrimas! Obrigada por confiar em mim, e estar sempre ao meu lado!Eu te amo muito e sempre e a cada dia mais! E que venham mais muitos anos de comemoração!

Ah,Letícia como gostaria que você e estivesse aqui fisicamente nesta data especial...Você representa o fruto do nosso amor!Te amamos anjinha!


Música que entrei na Igreja há 8 anos e hoje dedico a minha anjinha Letícia:

Vôa minha ave
Vôa sem parar
Viaja prá longe
Te encontrarei
Em algum lugar...
Permaneço em ti
Como sempre foi
Mais perfeito e mais fiel
Mesmo sozinho sei
Que estás perto de mim
Quando triste olho pro céu...
Quando eu te vi
O sonho aconteceu
Quando eu te vi
Meu mundo amanheceu...
Mas você partiu sem mim
E sei que estás
Em algum jardim
Entre as flores...
Anjo!
Meu tão amado anjo
Bem sei que estás

E eu do brando sono
Hei de acordar
Para os teus olhos
Ver uma vez mais...
Mais
O verdadeiro amor espera
Uma vez mais
Quando eu te vi
O sonho aconteceu
Quando eu te vi
Meu mundo amanheceu...(2x)
Mas você partiu sem mim
E sei que estás
Em algum jardim
Entre as flores... 
 (Uma Vez Mais Ivo Pessoa)

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Te Amo Letícia...


Te Amo Letícia... e ninguém imagina o tanto que esse amor lateja dentro de mim, me pedem para viver... mas como? ninguém sabe o que se passa dentro de meu coração... ninguém filha... ninguém... somos uma... eu sem você... simplesmente não existo...

domingo, 13 de outubro de 2013

Aprendi a esconder e guardar a dor...

Como o tempo passa minha anjinha...
As pessoas falam que faz tanto tempo e quando paro para pensar... Realmente é muito tempo já sem você aqui... E, no entanto minha saudade não diminui... Pelo contrário só aumenta... As pessoas dizem que já é tempo de se acostumar... Mas acostumar com a vida sem você?Impossível...
Vou vivendo... Um dia de cada vez... Dia após dia... Com a saudade no peito...
Aprendi a esconder e guardar a dor... Mas tudo o que vejo e vivo penso que você poderia também ver e admirar...
Mas não está aqui ao meu lado para que eu possa conversar com você...
Entender??  e aceitar tua ausencia é muito dificil..
Não apenas tentar... a todo instante aceitar a vontade de Deus...
Fazer uma força enorme para que meu coração acredite que era teu tempo....
 E continuar te amando sempre....
Eternamente....

Te amo.... amo...te amo..  

sábado, 12 de outubro de 2013

Feliz dia da criança Letícia!

Criança Feliz
Feliz a cantar
Alegre embalar
Seu sonho infantil
Ó meu bom Jesus
Que a todos conduz
Olhai as crianças do nosso Brasil
Criança com alegria
Igual um bando de andorinhas
Viram Jesus que dizia
Vinde a mim as criancinhas
Hoje no céu um aceno
Os anjos dizem amém
Porque a Letícia
É UM ANJINHO TAMBÉM


 Hoje gostaria de desejar um Feliz Dia das Crianças para todas as criancinhas que vivem aqui na Terra, para meus sobrinhos: Matheus, Leonardo, Thiago e Thaís e em especial para as que hoje moram lá ao lado do Papai do Céu, como a minha Letícia.

Quero aproveitar para dizer a vocês, papais e mamães, que têm o privilégio de neste dia estarem fisicamente ao lado de seus filhos, que os abracem muito, beijem seus rostinhos, agradeçam a Deus a benção da vida deles. Hoje e em todos os dias que eles estiverem junto de vocês. infelizmente, não posso passar o dia fisicamente ao lado da Letícia,nunca passei um dia da criança com ela, mas a lição que ela me deixou foi essa: Aproveite cada minuto da sua vida como se fosse o último..Uma vida breve, mas cheia de amor.Letícia, que dias difíceis longe de você....
Te amo!